O que é a ARCO?

Fundada em 18 de janeiro de 1942, a Associação Rio-grandense de Criadores de Ovinos surgiu com o objetivo de congregar os criadores de ovinos do Rio Grande do Sul, 35 anos mais tarde, em 1977 a entidade recebeu o status de Nacional através de portaria do Ministério da Agricultura e passou a se responsabilizar pela produção de ovinos do Brasil.

A ARCO, é uma entidade de expressiva representatividade e exerce um importante papel na seleção e aprimoramento das raças ovinas, chancelando o trabalho dos criadores brasileiros no melhoramento genético dos seus plantéis. Através de seu corpo de Inspetores Técnicos, investimentos em tecnologia (softwares e equipamentos) e convênios com importantes institutos de pesquisa e órgãos governamentais a ARCO faz um trabalho profícuo de assistência técnica, de fomento da produção e na qualificação dos rebanhos.

A  ARCO é a entidade responsável pelo fomento da ovinocultura e melhoramento da espécie. Preside a Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA e é membro da Câmara Técnica da Frente Ovino.

Faz parte do Comitê de Assessoramento Externo da Embrapa Pecuária Sul e mantem vários convênios e parcerias:
- Ministério da Integração - MI
- Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA
- Ministério do Desenvolvimento da Indústria e Comércio - MDIC
- Embrapa
- Secretariado de la Lana do Uruguai - SUL
- Emater – RS
- Secretaria de Agricultura do RS
- Sebrae
- Senar
- CNA
- Prefeituras Municipais
- Sindicatos Rurais
- Sindicatos de Trabalhadores Rurais
- Cooperativas

O que é o SRGO?

O Serviço de Registro Genealógico de Ovinos - SRGO é executado pela ARCO, entidade nacional autorizada e registrada pelo Ministério da Agricultura - MAPA.

Visa consolidar, entre outros, todas as informações disponíveis de ascendentes e descendentes, permitindo a estimativa do valor genético de indivíduos sem desempenho conhecido, assim como estimar valores de produtos de acasalamentos conhecidos.

A ARCO recebe e processa toda informação genealógica dos animais inscritos nas diferentes raças registradas na Arco.

Na sua estrutura, o SRGO tem uma equipe coordenada e orientada pela superintendência da entidade credenciada pelo MAPA e, esta equipe processa toda documentação relativa ao setor.

A ARCO também faz o controle de genealogia de grupos genéticos que visam formação de raça.

Como é realizada a classificação dos animais?

Relativo a classificação dos ovinos para fim de registro são adotadas as seguintes categorias de animais (Livros de registro):  

- Puros de Origem (PO)
- Puros por Cruzamento (PC)
- Puros por Cruzamento de Origem Conhecida (PCOC)
- Puros por Cruzamento de Origem Desconhecida (PCOD)
- Puros por Cruzamento de Rebanho Base (PCRB)
- Fêmeas Mestiças sob controle de Genealogia (FM)

Atualmente a ARCO registra 27 raças, que são:
Merino Australiano, Ideal, Corriedale, Romney Marsh, Hampshire Down, Texel, Ile de France, Suffolk, Karakul, Lacaune, Santa Inês, Morada Nova, Bergamácia Brasileira, Somalis Brasileira, Rabo Largo, Border Leicester, Poll Dorset, Polypay, Cariri, Dorper, Crioula, Samm, White Dorper, East Friesian, Dohne Merino, White Suffolk  e Romanov.

Para que serve o Registro Genealógico?

Ferramenta de melhoramento genético
Todo animal para ser registrado tem de estar enquadrado nos padrões raciais e zootécnicos exigidos por cada raça, passando por criteriosa seleção através de um inspetor técnico credenciado pela ARCO.

Preservação da herança genética e promoção do melhoramento animal
respeitando os procedimentos de acasalamento, inspeções, comunicações e orientações técnicas previstas no Regulamento do Registro Genealógico. Documento aprovado pelo MAPA.

Proporcionar maior rendimento e valor agregado ao produto
Animal registrado é animal valorizado. Ovino com genética registrada tem maior valor comercial sempre

Lembre-se, Animal registrado tem valor agregado!!!

Por que se associar?

Todo sócio da ARCO tem 50% de desconto nos emolumentos;

Tem acesso a área restrita que permite realizar todos os comunicados via online e isso significa agilidade e otimização do tempo;

Assistência técnica através dos diferentes serviços que a ARCO proporciona, como:
- Inspeções
- Confirmações
- Seleção ovina
- Controles
- Orientação geral sobre a criação ovina
- Assistência e orientação na escolha de reprodutores
- Análise e orientação de dados
- Seleção de animais para exposições
- Colheita de material para exames de DNA, entre outros.

Como se associar?

A Arco disponibiliza em seu site a proposta de sócio, que deverá ser preenchida conforme os dados solicitados.
Efetuado o preenchimento, o documento deverá ser impresso, assinado, autenticado e enviado pelo correio.
Chegando na ARCO, a proposta será protocolada e registrada, retornando para o criador dados como código de associado, código de rebanho, raça, login e senha para acesso à área restrita, além de outros informativos referentes ao SRGO.

Proposta de Sócio

 



 

 

Quais são as categorias de sócios?

Contribuintes
São sócios aptos a usufruir dos serviços oferecidos e executados pela ARCO.

Incentivo
São sócios aptos a usufruir dos serviços oferecidos e executados pela ARCO, desde que, o número máximo de animais registrados não ultrapasse a 10.

OBSERVAÇÃO: Será automaticamente migrado para a categoria de Sócio Contribuinte, caso o rebanho passe o número estipulado de animais da categoria incentivo (10 animais).

Rebanho
São sócios que trabalham com rebanhos para produção de carne, lã, leite e pele e que terão orientação técnica para esta finalidade, podendo receber tatuagem somente em fêmeas (CG, RD e SO).

OBSERVAÇÃO: Será automaticamente migrado para a categoria de Sócio Contribuinte, caso ocorra registro de animais fora das categorias exigidas (CG, RD e SO).